(11) 2518 9200

Pedreira Lageado investe na produção de areia manufaturada

23 / janeiro / 18

No passado, a extração natural de areia e cascalho era a espinha dorsal das indústrias de materiais agregados; isso é cada vez menos comum. Os operadores agora desejam produzir areia manufaturada de alta qualidade. Lageado, uma produtora de materiais agregados no Brasil, descobriu que entrar neste novo mercado era financeiramente benéfico. Eles confiaram na Metso para fornecer os equipamentos necessários para investir nesta nova linha de produtos e conseguiram aumentar as vendas em 20%. 

 

Localizada no distrito de Guaianazes, a 20 km do centro de São Paulo, a Pedreira Lageado é chamada de “Pedreira Urbana”, e a exploração de rochas do tipo gneiss já ocorre há 60 anos, mas a empresa não quis ficar na Idade da Pedra. A Lageado está sempre inovando para atender às quantidades gigantescas de pedra esmagada que a construção civil da cidade de São Paulo exige todos os dias.

 

No entanto, muito pó de pedra foi gerado e a empresa viu a oportunidade de comercializar areia manufaturada (ou industrial), que é usada na produção de concreto e asfalto. Consequentemente, a empresa confiou na Metso para o fornecimento dos equipamentos necessários para a nova fábrica. Hoje, após a aquisição dos equipamento da Metso, a Lageado tem capacidade para produzir 75 toneladas de areia manufaturada por hora e estima que 70% da produção será comercializada no primeiro semestre de 2018, aumentando suas vendas em 20% em relação à meta anterior.

 

“Começamos a produzir areia manufaturada para reduzir o impacto ambiental e criar um uso mais adequado para o pó de pedra. Acabamos entrando em um novo mercado e estamos nos beneficiando financeiramente. Em pouco mais de um ano, recuperamos o valor investido e continuamos a aumentar as receitas”, relata Marcos Roberto Santos, gerente da fábrica da Pedreira Lageado.

 

De pó triturado a produto premium

 

Um número cada vez maior de operadores de pedreiras descobriu que a areia manufaturada processada e de alta qualidade pode melhorar seus resultados e reduzir significativamente a porcentagem de resíduos e subprodutos de baixo valor. Os requisitos dos clientes para produção inferior a 20 mm, especialmente para 7/10 mm, significam que quantidades significativas de 0/7 mm são produzidas como subproduto. Ao usar o equipamento de processamento correto, o pó triturado de baixo valor pode ser transformado em um produto premium de alto valor.

 

A areia manufaturada pode ser usada em todos os concretos estruturais, seja manualmente em betoneiras de concreto ou em instalações de concreto, unidades de asfalto para concreto pré-moldado (lajes, blocos, colunas e pisos interligados) e usada como produto de drenagem e filtragem em estações de tratamento de esgoto (ETEs).

 

O vice-presidente da Metso no Brasil, Marcelo Motti, explica que o mercado de areia manufaturada está crescendo à medida que as empresas estão conscientes dos danos ambientais causados pela extração de areia natural. A produção ocorre através de material descartado durante a mineração e, além da preservação dos leitos e margens dos rios, a areia manufaturada oferece vantagens, como economia no uso do cimento, curva de classificação constante, ausência de impurezas orgânicas, ausência de argila, consistência nos vestígios do concreto e maior adesão da pasta de cimento”, ressalta.

O processamento a seco melhora a qualidade da areia

 

Marcelo Capucho, suporte de produtos da Metso, explica os avanços no processamento a seco.

“A produção a seco é relativamente nova e fez grandes avanços para facilitar a implantação de sistemas de produção de areia manufaturada com hidrociclone. O processo a seco é atualmente a melhor configuração tecnológica disponível no mercado. O britador autógeno melhora a cubicidade do material, deixando-o em um formato muito semelhante aos grãos de areia naturais, e a produção é finalizada pelo Classificador de Ar, uma unidade equipada com um filtro de manga usado para remover o filler do classificador de ar”. Essa solução não usa água, oferecendo uma opção de classificação ecológica, econômica e fácil de usar.

 

Capucho explica como a produtividade e a redução de custos podem ser alcançados com a solução certa: “A planta de areia manufaturada, por exemplo, pode usar apenas um operador na verificação/supervisão de todo o sistema em vez de dois ou três operadores, como acontece no processo totalmente mecânico”.

 

Todos os equipamentos da planta da Pedreira Lageado são da Metso. Santos explica: “Conheço a empresa e confio nela há muito tempo. Nós explicamos nossa necessidade e a Metso apresentou todo o projeto. A implementação dos equipamentos foi feita pelos técnicos da Metso em parceria com nossos engenheiros, e os resultados foram excelentes. Todos os testes indicam que os produtos estão dentro das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)“, ressalta ele.

 

Detalhes da solução usada na Lageado

 

A britador de impacto de eixo vertical (VSI) Barmac® BSeries™ foi recomendada pela equipe da Metso para a Pedreira Lageado com a finalidade de produzir areia manufaturada de qualidade superior. Eles também possuem telas vibratórias – série CBS, uma máquina (um produto local no Brasil) e os Classificadores de Ar da Metso.

 

A Pedreira Lageado também usa sensores para impulsionar a produção desde as esteiras de transporte até a entrega final da areia manufaturada. O sistema é integrado com uma balança do produto final, facilitando o monitoramento dos equipamentos e gerando relatórios de dados sobre disponibilidade operacional, manutenção e alarmes, etc.

 

A automação da Metso para plantas de britagem usa a própria tecnologia da empresa criada na Finlândia, mas o software é totalmente personalizado na unidade brasileira, localizada em Sorocaba, e o hardware também é adquirido no mercado local.

 

Sobre a Metso

 

A Metso é líder mundial no setor de indústrias de mineração, agregados, reciclagem, petróleo, gás, celulose e papel e indústrias de processos. Ajudamos nossos clientes a melhorar sua eficiência operacional, reduzir riscos e aumentar a lucratividade usando nossos conhecimentos únicos, pessoas experientes e soluções inovadoras para construir formas novas e sustentáveis de crescimento em conjunto.

 

Nosso portfólio de produtos oferece equipamentos e sistemas para mineração e construção, além de válvulas de controle. Nossos clientes são suportados por uma rede global com mais de 80 centros de serviços e cerca de 6 mil profissionais de serviços. A Metso é estritamente rigorosa quanto à segurança.

 

Sobre a Pedreira Lageado

 

Localizada no distrito de Guaianazes, a 20 km do centro de São Paulo, a pedreira de Lageado iniciou suas operações em 1957, consolidando-se rapidamente para atender aos gigantescos volumes de pedra britada exigidos pela construção civil na cidade de São Paulo.

 

A Lageado faz investimentos constantes no processo de modernização e produção, possibilita gerenciamento diferenciado e é comprometida com ações de responsabilidade social e ambiental, juntamente com a comunidade e parceiros públicos e privados, promovendo resultados extremamente significativos.

Contato

Pessoa FísicaPessoa Jurídica

Para realizar uma compra conosco como pessoa física, por gentileza preencha os campos abaixo do Pré cadastro pessoa física. Esse cadastro serve para agilizar o processo de aprovação da sua compra. Em até 24 horas, nossa equipe de vendas entrará em contato para formalizar o seu pedido.

Pagamento em DinheiroCartão

Endereço

Pessoa FísicaPessoa Jurídica

Estr. Iguatemi, 5 - Guaianazes - São Paulo - 08490-500